CPI do BNDES deve ouvir Luciano Coutinho

Roberto Rocha

A CPI do BNDES volta a se reunir na próxima quarta-feira (25), às 14h30, para ouvir Luciano Coutinho. Ele ocupou a presidência do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de maio de 2007 a maio de 2016, período que abrange parte dos governos Lula (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016).

Conforme o requerimento de convocação, de autoria do senador Lasier Martins (PSD-RS), as irregularidades investigadas pela CPI teriam ocorrido em grande parte no período em que o banco esteve sob comando de Luciano Coutinho. Lasier acrescenta que “muitos são os indícios do uso político, ideológico, partidário e eleitoreiro da instituição, que deveria promover o desenvolvimento da economia nacional”.

A CPI foi criada para investigar irregularidades nos empréstimos concedidos pelo BNDES no âmbito do programa de globalização das companhias nacionais, em especial a linha de financiamento específica à internacionalização de empresas, a partir do ano de 1997. Autorizada a funcionar até o dia 22 de dezembro, a comissão é presidida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) e tem o senador Roberto Rocha (PSDB-MA) como relator.

Fonte: Agência Senado

tags:

Receba Publicações

Estudantes de Direito que têm interesse em receber o exemplar do Novo Código de Processo Civil (CPC), cadastrem-se e recebam gratuitamente.

Cadastre e receba
Para sugerir um projeto, enviar um recado ou pedir uma entrevista.