CPI do BNDES: Roberto Rocha quer ouvir especialistas

CPI aprovou requerimento solicitando cópias dos contratos e aditivos firmados entre o BNDES e empresas nacionais. Audiências públicas serão realizadas nas próximas reuniões

36445426472_20a189c4a1_k

Senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES aprovaram nesta quarta-feira (16), o Plano de Trabalho elaborado pelo relator, senador Roberto Rocha (PSB-MA). Os trabalhos serão divididos em três fases: a primeira será dedicada à realização de audiências públicas com especialistas. Na segunda fase acontecem as oitivas propostas pelos membros da comissão, e a terceira fase será para a elaboração e votação do relatório.

Empresas brasileiras, suspeitas de terem recebido recursos do BNDES de forma irregular serão investigadas. Entre elas, o grupo empresarial J&F, controlador da JBS, que deve ser alvo das averiguações da CPI. Em entrevista coletiva, o senador Roberto Rocha disse que há possibilidade de convocar os irmãos Batista para prestar esclarecimentos à comissão. “O Brasil todo espera que eles deem uma explicação dos seus procedimentos em relação ao uso dos recursos do BNDES. É preciso apurar como a empresa obteve recursos financiados com taxas de juros favoráveis do banco”, afirmou o parlamentar maranhense.

Em sua fala na CPI, Roberto Rocha fez questão de acalmar as empresas que estão preocupadas com os trabalhos da comissão. Segundo ele, o objetivo não é prejudicar os trabalhadores e a integridade das empresas. “Se detectarmos o desvio de conduta de alguma pessoa física, a gente não pode necessariamente punir a empresa. Temos que punir o mau gestor”, frisou.

REQUERIMENTOS

Três requerimentos foram aprovados nesta quarta-feira. O primeiro de autoria do presidente da CPI, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que solicita cópias dos contratos e seus aditivos de todos os empréstimos firmados e concedidos pelo BNDES às empresas. O segundo requerimento, de autoria do relator, pede a realização de quatro audiências públicas para ouvir especialistas, técnicos, estudiosos, além de representantes das partes envolvidas para embasamento dos trabalhos da CPI. E, por fim, o terceiro requerimento aprovado, é o que solicita ao Tribunal de Contas da União que ingresse no corpo da Comissão Parlamentar de Inquérito para auxílio especializado

tags:

Receba Publicações

Estudantes de Direito que têm interesse em receber o exemplar do Novo Código de Processo Civil (CPC), cadastrem-se e recebam gratuitamente.

Cadastre e receba
Para sugerir um projeto, enviar um recado ou pedir uma entrevista.