Roberto Rocha discute projetos de acessibilidade com o Presidente da Empresa Maranhense de Transportes Urbanos

O objetivo é criar uma alternativa mais rápida de acesso à região do Munim e aos Lençóis maranhenses, retirando parte da pressão do trânsito na BR-135, na saída de São Luís.

O Senador Roberto Rocha recebeu, em São Luís, a visita do presidente da Empresa Maranhense de Transporte Urbanos, José Arthur Cabral Marques, para uma reunião sobre o projeto do senador que contempla a construção de um ferryboat interligando a ilha de São Luís, ao município de Icatu, na Baixada Oriental maranhense. O porto em Icatu ficaria em um povoado a cerca de 22 quilômetros da sede, onde aconteceu a Batalha de Guaxenduba, entre franceses e portugueses. O objetivo é criar uma alternativa mais rápida de acesso à região do Munim e aos Lençóis maranhenses, retirando parte da pressão do trânsito na BR-135, na saída de São Luís. O projeto também ajudará a impulsionar o desenvolvimento econômico da região, que será inserida na Rota das Emoções, que vai de Barreirinhas (MA), passando por Parnaíba (PI) até chegar em Jericoacoara (CE).

Também participaram da reunião o suplente de senador e líder do PPS no Maranhão, Paulo Matos e o assessor de articulação política Clodomir Paz, do escritório de Roberto Rocha em São Luís.

Dois pontos da Ilha de São Luís estão dotados de condições para receber o porto: São José de Ribamar e Quebra-pote. A escolha será apontada por meio de estudos de viabilidade técnica a serem realizados, considerando os critérios de localização geográfica, profundidade do canal para receber embarcações e a menor distância de uma ponta a outra do canal.

No final de setembro, o senador Roberto Rocha apresentou ao presidente da Embratur – Instituto Brasileiro de Turismo, Vinícius Lummertz, um projeto de resolução que cria a Frente Parlamentar da Rota das Emoções no Senado Federal, composta pelos senadores do Maranhão, Piauí e Ceará.

Receba Publicações

Estudantes de Direito que têm interesse em receber o exemplar do Novo Código de Processo Civil (CPC), cadastrem-se e recebam gratuitamente.

Cadastre e receba
Para sugerir um projeto, enviar um recado ou pedir uma entrevista.