Roberto Rocha fala sobre seu voto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff

"Me mantive coerente, votei pela admissibilidade, pela pronúncia e votei pelo impeachment", afirmou o senador Roberto Rocha.

– Senador, um dos assuntos mais comentados da semana foi o seu voto pelo impeachment da presidente Dilma. A imprensa nacional relacionou seu posicionamento ao fato de o senhor ter recebido em troca uma diretoria do Banco do Nordeste. O que há de verdade nisso?

Nada. Não há nenhuma verdade. Quem diz isso está mal informado, mal intencionado, ou ambos.
Para entender meu voto, basta acompanhar como me posicionei desde o início do processo. Me mantive coerente, votei pela admissibilidade, pela pronúncia e votei pelo impeachment. Agora me reservei o direito de só declarar o voto no momento da votação porque entendo que esse deve ser um comportamento de um juiz, e no Senado estávamos conduzindo um processo político, mas também jurídico.

– Mas o senhor indicou o diretor de negócios do Banco do Nordeste.

Sim, mas isso não tem nada a ver com o voto. Esses cargos eu já vinha pleiteando junto à presidente Dilma, muito antes do impeachment. E eles seriam não meus, mas do Maranhão, provavelmente, qualquer que fosse o resultado da votação. O presidente Michel Temer também havia conversado sobre essa diretoria do BNB comigo há dois meses. Carlos Siqueira e Luciano Leitoa são testemunhas disso. Agora, é verdade que fiz questão mesmo dessa diretoria porque ela é muito importante para o Maranhão.
Historicamente o BNB, único banco de fomento do Maranhão, sempre esteve de costas para nosso estado, embora ele faça parte do Nordeste. E nós, que temos alguns dos municípios mais pobres do país, precisamos muito dele, do crédito subsidiado para desenvolver nossa economia.
Sugeri o nome do Dr. Antônio Rosendo Júnior, cuja capacidade técnica é reconhecida, e por ser maranhense, terá muito mais sensibilidade diante dos pleitos da área produtiva do estado.
A notícia foi tão boa que as entidades do setor produtivo publicaram uma nota comemorando a conquista.

– De que modo essa diretoria irá ajudar?

Na estrutura dessa diretoria estão superintendências muito importantes para o fomento dos micros, pequenos, médios e grandes negócios, como a Superintendências de Varejo, de Atacado, de Agronegócio, de Governo, de Supervisão da Rede de Agências, da Agricultura Familiar e do Microcrédito.
Imagine essas áreas comandadas por alguém que conhece a realidade do Maranhão? O estado só tem a ganhar com isso.
Sugeri também ao presidente Michel Temer que adote um programa chamado Maranhão sem miséria, com foco no microcrédito, através do Crediamigo e Agroamigo, voltado ao micro empreendedor individual, casado com assistência técnica, que desperte o empreendedorismo e a cultura do fazer da nossa gente. E vou defender que esse programa seja implantado como projetos pilotos nos municípios mais pobres do Maranhão.

– Como seria esse programa?

Sugeri ao presidente algo parecido com o Banco da Cidade, pensado para São Luís e infelizmente não executado. Uma linha de microcrédito voltada para o empreendedor individual que sonha montar seu pequeno negócio, que às vezes precisa só de dois, três mil reais para comprar um carrinho de pipoca, uma máquina de solda, ou de lavar carros e motos, por exemplo. Mas é claro, que não basta o financiamento, é preciso garantir acesso à capacitação técnica, o que pode ser feito por meio assistência à distância. Hoje, a tecnologia de comunicação permite conectar pessoas em qualquer lugar, então é preciso levar esse benefício à ponta, ao pequeno produtor ou empreendedor para que ele se beneficie do que há de melhor na experiência do setor, e assim despertar sua capacidade fazer.

– O senhor também indicou um diretor da Codevasf?

Sim, o diretor de infraestrutura. A Codevasf é também muito importante para o Maranhão e essa diretoria atua em projetos importantes como os diques da Baixada; a revitalização dos rios maranhenses, os perímetros de irrigação de Salangô, de São Bernando, do Flores, na revitalização da Lagoa da Jansen e até em projetos de saneamento básico dos municípios. BNB e Codevasf são estratégicos para o desenvolvimento do Maranhão, então briguei mesmo para que nosso estado tivesse representação nas duas instituições.
Essa é minha missão como senador, lutar para que o nosso estado receba atenção na esfera federal e aproveite todas as oportunidades para o estímulo ao desenvolvimento social e econômico.

Receba Publicações

Estudantes de Direito que têm interesse em receber o exemplar do Novo Código de Processo Civil (CPC), cadastrem-se e recebam gratuitamente.

Cadastre e receba
Para sugerir um projeto, enviar um recado ou pedir uma entrevista.