Roberto Rocha quer 100% do Maranhão com banda larga

Satélite já em órbita do governo federal está pronto para levar conectividade a regiões com renda per capita baixa

45782067991_d2630dc4a8_k

Para 2019, o senador Roberto Rocha quer que 100% dos municípios do Maranhão sejam cobertos pelo Programa Internet para Todos – que consiste em levar acesso à rede mundial de computadores, via banda larga, a localidades sem conectividade. Em Brasília, o congressista se reuniu com o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Leonardo de Morais, e com representantes do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações para discutir como o programa chegará ao estado.

Na visão do parlamentar maranhense, municípios com renda per capita baixa devem ser contemplados na primeira etapa do programa. “O acesso à internet vai beneficiar as escolas e hospitais públicos, aperfeiçoar o trabalho de inteligência das polícias e órgãos das prefeituras. Ela vai melhorar e agilizar bastante a qualidade dos serviços públicos essenciais a população. Aos poucos, todo o território maranhense será coberto com banda larga estável e veloz”, disse Roberto Rocha.

Atualmente, o governo brasileiro possui em órbita o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas. Ele tem a capacidade para monitorar 100% das fronteiras do país e pode fornecer internet de alta velocidade para quaisquer localidades do Brasil, por meio de convênios firmados com as prefeituras. Quase cinco mil cidades brasileiras já se cadastraram e aguardam para serem habilitadas a receber o sinal de banda larga via satélite.

Na primeira fase do programa, 33 municípios de diversas regiões do Maranhão serão beneficiados. “Esse é o primeiro passo para garantir democraticamente a inclusão digital em cidades com índices socioeconômicos muito baixos. Com o avanço tecnológico, uma nova janela para o mundo se abre para essas cidades. Espero que até o final de 2019, o Maranhão inteiro esteja coberto pelo sinal de banda larga”, afirmou Roberto Rocha.

Receba Publicações

Estudantes de Direito que têm interesse em receber o exemplar do Novo Código de Processo Civil (CPC), cadastrem-se e recebam gratuitamente.

Cadastre e receba
Para sugerir um projeto, enviar um recado ou pedir uma entrevista.