combate ao coronavírus

Para ajudar no combate ao coronavírus no Maranhão, o senador Roberto Rocha viabilizou 50 novos leitos de UTI e mais 90 leitos de enfermaria. Todos eles serão instalados no Hospital Universitário Presidente Dutra, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Segundo o senador, já estão funcionando 20 leitos de UTI, e, na próxima semana, outros 20 estarão habilitados. E, por fim, 15 dias depois os 10 restantes estarão prontos para receber os pacientes infectados por coronavírus no Maranhão.

“Estamos conseguindo os equipamentos, principalmente respiradores, insumos e recursos para contratar profissionais. Diante do alerta do prefeito de Teresina, estamos trabalhando, também, para abrir nos próximos dias um hospital de campanha na cidade de Caxias”, anunciou Roberto Rocha.

Em entrevista ao JMTV, na TV Mirante, o reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, disse que os novos leitos para a UFMA foi pensado com base na necessidade de ampliação da capacidade de atendimento do hospital no combate ao coronavírus, uma vez que todos os 20 leitos, inicialmente disponíveis, já estão ocupados.

Ele destacou, também, que a expectativa é que a dinâmica melhore o atendimento à demanda de leitos para casos mais graves no estado.

“Está havendo um aumento de número de casos confirmados e, consequentemente, aumento da procura de leitos de UTI. E quanto mais cedo atendermos às pessoas que estão contaminadas, mais vidas vamos salvar”, afirmou.

Coronavírus: bancada maranhense remaneja recursos para o estado e municípios