Emenda de Bancada coronavírusO reconhecimento da situação de calamidade pública, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus, permitiu ao Governo Federal autorizar na última sexta-feira (27), a liberação total das emendas parlamentares impositivas individuais.

Diante disso, deputados federais e senadores do Maranhão se reuniram para promover alterações conjuntas no orçamento destinado a Bancada Maranhense. De tal modo, o objetivo é alocar recursos, priorizando apoio ao combate ao novo coronavírus no estado.

Assim, a expectativa é que os recursos sejam liberados nos próximos dias. Ao todo foram remanejados R$ 131 milhões. Desse total, R$ 88,1 milhões vão diretamente para municípios; R$ 38,9 milhões para o Governo Estadual; e R$ 4,2 milhões para o Hospital Aldenora Bello, em São Luís.

Assim sendo, para o senador Roberto Rocha (PSDB), um dos autores da ideia para remanejar as emendas, esses recursos serão importantes para que estado e municípios desenvolvam ações de enfrentamento à pandemia do Covid 19.

“Nós, da bancada maranhense, temos o dever de olhar pelo nosso estado, de proteger os maranhenses. Logo, já temos que enfrentar desafios como o alto nível de pobreza em nosso estado, então, fortalecer a saúde é a principal estratégia para vencer essa pandemia”, declarou o senador.

Saiba mais: Coronavírus: Maranhão vai receber R$ 14,2 milhões do Governo Federal