Feirinha de São LuísO senador Roberto Rocha (PSDB-MA) visitou, neste domingo, 21, a Feirinha de São Luís, projeto da prefeitura municipal que reúne produtos agroecológicos, exposição e comercialização de artesanato, arte plástica, literatura e gastronomia, além de atrações culturais.

Acompanhado pelo secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Liviomar Macatrão, pela coordenadora da Feirinha, Jovita Arruda, além do vereador Álvaro Pires (PMN), o senador maranhense visitou os estandes e conversou detalhadamente com feirantes e frequentadores do projeto.

À imprensa, o senador informou que pretende, por meio de seu mandato, contribuir com o plano de expansão da Feirinha, que já está em estudo, por parte da Semapa.

“Eu quero cumprimentar a nova gestão que é do Prefeito Eduardo Braide, por meio do secretário Liviomar Macatrão, por dar continuidade a essa importante iniciativa, ao tempo em que cumprimento a gestão anterior por tê-la originado. Fiz questão de vir aqui, mesmo nesse momento de dificuldade ocasionado pela pandemia que, assim como o mundo todo, nós maranhenses também vivemos, porque foi uma visita para analisar de que forma poderemos somar esforços para ajudar a potencializar a organização da Feirinha. Quem conhece as grandes cidades, sabe que nelas há projetos como esse, que são muito importantes para ajudar as pessoas que trabalham e incrementar o turismo.” – Senador Roberto Rocha.

A visita do senador Roberto Rocha teve um impacto positivo junto aos organizadores da Feirinha, que tem buscado parcerias que contribuam para realizar as inovações no projeto. De acordo com o secretário Liviomar Macatrão, a atitude do senador maranhense será um importante reforço nesse sentido.

“Só tenho a agradecer pela visita do senador, não só pela contribuição que ele deu, com as suas sugestões, mas, também pela parceria firmada, que fará toda a diferença em nosso planejamento de trazer melhorias para esse projeto, que já faz parte do calendário maranhense.”

Por fim, a Feirinha São Luís tem funcionado todos os domingos desde o dia 1º de janeiro, seguindo rigorosamente os protocolos sanitários de prevenção à COVID-19, com o aporte dos serviços de segurança e conscientização realizados por bombeiros civis.