Entrega de títulos de propriedade em Alcântara

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o senador Roberto Rocha (PSDB-MA) participaram, nesta quinta-feira (11), da cerimônia de entrega de títulos de propriedade de lotes rurais e urbanos às famílias maranhenses remanejadas em razão da criação do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), na década dos anos de 1980.

Ao honrar um passivo antigo, o Governo Federal inicia, dessa forma, a integração entre a atividade aeroespacial e o desenvolvimento local sustentável, visando trazer benefícios sociais e econômicos, em nível regional, bem como o progresso científico e tecnológico.

O maior patrimônio de Alcântara é o povo de Alcântara. E hoje, o presidente Bolsonaro está injetando ânimo aqui, dando uma oportunidade para os moradores de Alcântara poderem sonhar com um futuro melhor.”, destacou o senador Roberto Rocha.

Todas as Agrovilas são providas de eletrificação rural, casa de farinha, poço artesiano, sistema de distribuição de água, escola, campo de futebol, tribuna de festa, posto de saúde, igreja e estradas vicinais.

Após a desapropriação, cada família recebeu, nesse processo, uma gleba rural de 15 ha e um lote urbano de 1.000m², com uma residência de 72m² em alvenaria.

Títulos de propriedade

Ao se dirigir para o seu pronunciamento, o presidente Bolsonaro disse que famílias com posse de suas terras conquistam a dignidade do homem do campo. O presidente lembrou, que em apenas dois anos, entregou mais títulos do que nos últimos 20 anos no Brasil.

“Não existe preço portar um título de propriedade. É pra dizer que é seu. Você pode investir, buscar recursos e financiamentos e melhorar aquilo que agora é de vocês.”, afirmou o presidente.

Ações do Governo Federal no Maranhão durante a pandemia

Além dos títulos de propriedade entregues, em sua fala, o presidente elencou ações do governo federal para o combate da covid o Maranhão.

“O Governo Federal injetou R$ 18 bilhões para o Estado do Maranhão, sendo R$ 1,3 bilhão direto para a saúde. E para leitos de UTI foram depositados na conta do governo estadual mais R$ 190 milhões. Ou seja, não se justifica qualquer reclamação de leitos de UTI para atender os nossos irmãos maranhenses vítimas da pandemia.”, afirmou o presidente.

O presidente também falou sobre o auxílio emergencial. Pelo menos 2,7 milhões de pessoas receberam o auxílio. São quase R$ 13 bilhões que foram depositados diretamente na conta dos maranhenses cadastrados no programa.

“Havia a necessidade de socorrer os brasileiros, uma vez que, com a pandemia, houve fechamento de postos de trabalho e o povo brasileiro necessitava de um aporte financeiro para a sobrevivência”, lembrou o presidente.

Bolsonaro disse que avalia com a equipe econômica do governo a possibilidade de estender o auxílio, que terminou em 31 de dezembro de 2020.

Agência da Caixa para Alcântara

Por fim, e não menos importante, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai implantar uma agência da Caixa Econômica Federal em Alcântara, facilitando o acesso d população aos serviços bancários necessários.

Leia aqui: Maranhão vai receber 16 novas agências da Caixa Econômica